Banhado

Considerado o principal cartão postal de São José dos Campos, sua extensa área verde de beleza singular e um grande atrativo ao pôr-do-sol.

O Banhado possui uma área total de 4.320.00 m², abrangendo desde a região ao lado do centro urbano de São José dos Campos e se estende até o Rio Paraíba do Sul. Para quem o visualiza onde começa o aclive, na região central, praticamente perde-se de vista.

Exercendo uma função ambiental que beneficia direta e indiretamente a cidade, seja no condicionamento climático, abrigo da vida silvestre, reserva da biodiversidade, e também por suas funções socioculturais, uma vez que é considerado o principal cartão postal de São José dos Campos.

Seu solo é composto, por turfa (produto da decomposição parcial, de forma natural, de restos de plantas em terrenos alagadiços), diversos tipos de argila, areia e cascalhos. Originalmente a área era de floresta, uma área úmida, devido às cheias periódicas. Esta floresta possuía árvores frutíferas, como goiabeiras, amoreiras, além de plantas tais como: samambaias, begônias, orquídeas, compondo uma vegetação deslumbrante de beleza ímpar.

No local pode ser encontrado mais de 50 espécies de animais, entre eles estão: cachorros do mato, tatus, lagartos, gaviões, garças, tico-tico, quero-quero, pica-pau, marrecos e uma diversidade imensa de pássaros e todo o tipo de insetos.

Atualmente, encontra-se classificado pela Lei Complementar 165/97 de Uso, Ocupação e Parcelamento do Solo como Zona Especial de Proteção Ambiental, onde as restrições do uso e taxas de ocupação e impermeabilização objetivam a proteção ambiental, paisagística e histórica.

 

História do Banhado

Entre 1912 e1915 a floresta nativa foi devastada, em decorrência a um contrato firmado entre a Prefeitura Municipal e a Estrada de Ferro Central do Brasil, que necessitava de madeira para dormentes e postes para o leito da ferrovia, além de lenha para a fornalha de suas locomotivas. O primeiro trem de passageiros chegou a São José dos Campos em 18 de janeiro 1877, quando a estação da linha férrea foi inaugurada. Ainda hoje pode ser vista toda a Orla do Banhado o remanescente da malha ferroviária da RFFSA (REDE FERROVIÁRIA FEDERAL S.A.).

Em 1939, o prefeito Francisco José Longo, no intuito de preservar o Banhado, desapropriou todo o lado direito da Av. São José, possibilitando assim que toda a população pudesse visualizar todo o banhado. Em 1984, a Lei Municipal 2792/84 declarou o Banhado como Área de Proteção Ambiental, restringindo e proibindo a implantação de indústrias, comércios e serviços, parcelamento do solo e atividades extrativas como a mineração.

Estudiosos acreditam que o Banhado, o Rio Paraíba do Sul e a linha férrea tiveram forte influência na configuração atual da cidade.

 

Curiosidade

O nome Banhado deve-se aos antigos moradores de São José dos Campos, nos períodos de cheias do Rio Paraíba do Sul, principalmente durante o verão, o local ficava completamente inundado, ou seja, “banhado” de água, e era chamado de “mar joseense”.

 

Banhado São José dos Campos SP

Autor: Vale Mais Lazer

Compartilhe esta publicação no

1 comentário

Enviar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− três = 1

%d blogueiros gostam disto: